Ministra destaca contribuição do Condo-Hotel para dinamização da economia

   

A construção do primeiro condo-hotel (condomínio-hotel) angolano contribuirá para a dinamização da economia do país, proporcionando, entre outros, novos empregos, afirmou neste sábado, em Luanda, a ministra do Urbanismo e Habitação, Branca do Espírito Santo.

Em declarações à imprensa, no quadro do lançamento da primeira pedra do condo-hotel angolano, localizado na urbanização Boa Vida, a governante sublinhou que o empreendimento permitirá a criação de novos empregos nas fases de construção, gestão e manutenção.

Disse que este tipo de projeto deve merecer o devido incentivo, porquanto permite ordenar a área em que se situa, algo que se prende, particularmente, com o ordenamento do território, cujo processo decorre.

“Permite ainda estabelecer e dar ao mercado, habitação em boas condições e a preço relativamente acessível, tendo em conta a forma de comercialização”, reiterou a ministra angolana, para quem empreendimentos como estes são necessários e podem também contribuir para o combate as ocupações anárquicas.

“Precisamos de projetos de média e baixa renda, para ajudar a conter esta vaga de invasões. Temos de perceber o perfil de quem se envolve nesse tipo de atividade e tipos de habitações que serão construídas”, referiu.

O Hotel Boa Vida respeita, no seu projeto, um conjunto de padrões internacionais da categoria cinco estrelas e é voltado para negócios.

O projeto enquadra-se na Urbanização Boa Vida, empreendimento inovador com potencial vincado na diversidade dos serviços colocados à disposição do público.

A Urbanização Boa Vida está localizada no município de Belas, concretamente na via Expressa, é composta por cinco condomínios fechados que comportam 732 residências e uma área comercial e social aberta ao público, com infra-estruturas como escola internacional, prime club, ginásio e estância térmica – spa, centro comercial com 112 lojas, supermercado, restaurantes, clínica, creches, entre outras.

Fonte: Agência Angolapress